e-Ranking Cidadão, apoiado pelo Sindireceita, é selecionado para o InovAtiva Cívico da Câmara dos Deputados

jorge-misale-e-ranking-cidad-o-1280x640

O e-Ranking Cidadão, plataforma virtual e interativa que traz amplo diagnóstico da atuação de deputados federais e senadores, plataforma apoiada pelo Sindireceita, foi selecionado para o InovAtiva Cívico, um programa da Câmara dos Deputados, por meio do Laboratório Hacker da Câmara, em parceria com o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC). O programa é voltado para empreendimentos inovadores que promovam, entre outros, o controle social, participação e transparência no Poder Legislativo.

O cientista político e diretor da Metapolítica, Jorge Ramos Mizael, esclarece que esse programa beneficia a sociedade como um todo, que passará a contar com mais um mecanismo de acompanhamento das atividades no Congresso Nacional.  Jorge Ramos explica que se trata de um programa com foco prioritário em empresas iniciantes. “A participação neste programa exige que as atividades desenvolvidas pelo escolhido para o InovaAtiva tenham algum impacto social e/ou cívico na sua missão, e também uma lógica econômica que garanta sustentabilidade financeira.

ricardo-paix-o-inovaativa-c-mara-deputados

O coordenador do programa InovAtiva Brasil na Câmara dos Deputados, Ricardo Fernandes Paixão

O coordenador do programa na Câmara dos Deputados, Ricardo Fernandes Paixão, explica que entre os objetivos do InovAtiva está: promover novos mecanismos de controle social; dar sustentabilidade às iniciativas de controle social criadas pelos hackers ativistas; desenvolver empreendedorismo de impacto social no país; e capacitar empreendedores no Brasil. O InovAtiva Brasil é um programa gratuito de aceleração em larga escala para negócios inovadores de qualquer setor e lugar do Brasil.

Ricardo Fernandes Paixão esclarece ainda que o programa oferece cursos de capacitação online em empreendedorismo inovador, mentorias individuais com investidores e executivos experientes e conexão com potenciais investidores, clientes e parceiros. Entre 2013 a 2017, mais de 640 startups de todas as regiões do país foram aceleradas pelo programa. “Também primamos por melhorar a sustentabilidade das empresas e temos a mentoria na nossa base central”, observa.

O programa tem cerca de 1.500 mentores. O Ciclo de aceleração 2018, no qual o e-Ranking Cidadão foi selecionado, segue até dezembro. As inscrições da próxima edição estão previstas para fevereiro de 2019. Ricardo Paixão destacou ainda a Receita Federal, cujos servidores têm experiência de campo para serem possíveis parceiros para participarem do programa no controle social. “São servidores privilegiados em função da experiência e ampla capacidade de enxergar potencialidades negociais”, afirmou.

Fonte: Sindireceita

Comentar