Sindireceita participa de reunião do Movimento Nacional dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas

severo-reuni-o-mosap1

O diretor de Aposentados e Pensionistas do Sindireceita, Arnaldo Severo, participou no dia 12/09, na sede do Instituto Mosap, (Movimento Nacional dos Servidores Públicos Aposentados e Pensionistas) de uma reunião da instituição. Os participantes tiveram a oportunidade de assistir a uma palestra realizada pelo analista político e diretor de documentação do Departamento Intersindical de Assessoria Parlamentar (Diap), Antônio Augusto Queiroz, que tratou do cenário político nacional na atualidade e as possibilidades de eleição dos candidatos à Presidência da República.

Dentro desta temática, o diretor do Diap abordou as principais propostas dos candidatos à Presidência da República no que tange aos aposentados e pensionistas, como a postura dos candidatos sobre a PEC 287, que trata da reforma da Previdência.

Também foi apresentada a candidata à deputada federal, Maire Mota, esposa do ex-deputado federal por Minas Gerais, Carlos Mota, que fez uso da palavra.

De acordo com Arnaldo Severo, o Instituto Mosap deverá fazer campanha institucional junto aos aposentados no serviço público e na iniciativa privada esclarecendo como se posicionam os candidatos a deputados, a governador e a presidente da República em relação à temática aposentadoria. A orientação será para votarem em candidatos que têm compromisso com o serviço público e com os aposentados. “Precisamos orientar nossos aposentados neste sentido, para não elegerem candidatos que pretendem votar contra o aposentado”, afirmou o diretor.

A Diretoria Executiva Nacional (DEN) reafirma seu compromisso de lutar em prol dos Analistas-Tributários aposentados e pensionistas, em eventos como esse, promovido pelo Instituto Mosap, bem como nos trabalhos parlamentares em defesa da votação e aprovação das Propostas de Emenda à Constituição, como a (PEC) 555/2006 e a PEC 56/2014 (antiga PEC 170/2012). A PEC 56 assegura proventos integrais aos servidores públicos aposentados por invalidez permanente em todas as hipóteses e estabelece a revisão dos proventos de aposentadorias por invalidez já concedidas, com efeitos financeiros a partir da data da promulgação do texto como Emenda Constitucional e a PEC 555/2006, que põe fim à cobrança de contribuição previdenciária sobre os proventos dos servidores públicos aposentados.

O Instituto MOSAP é um movimento de atuação solidária, sem caráter político-partidário, que aglutina diversas agremiações de servidores ativos, aposentados e pensionistas, pagos pelo Tesouro, em níveis federal, estadual e municipal e não tem pessoas físicas no seu quadro de filiados.

Fonte: Sindireceita

Comentar